MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process.
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Portas Utilizadas pelo SCCM 2007 e SCOM 2007

É comum atender clientes onde filiais não trocam dados e descobrirmos que o problema é firewall ou outro problema de comunicação.

Na semana passada já havia postado as portas que são utilizadas pelo Windows 2008 (http://bit.ly/faB026) e agora é interessante ter o mesmo conteudo para a familia System Center.

O melhor dos dois primeiros documentos é que contem uma representação gráfica de um ambiente completo.

System Center Configuration Manager 2007 R3: http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb632618.aspx

System Center Operation Manager 2007 R2: http://technet.microsoft.com/da-dk/library/cc540431(en-us).aspx

System Center Data Protection Manager 2010: http://blogs.technet.com/b/schadinio/archive/2010/07/20/dpm-protocols-and-ports-used-by-dpm.aspx

Bom proveito!

Liberado hoje o Update Rollup 1 do System Center Operations Manager 2007 R2 (SCOM) em Portugues

Hoje foi liberado o Rollup 1 do SCOM 2007 R2. Ele já exisita para a versão em ingles desde 15 de janeiro e hoje foi liberado em portugues no link abaixo:

http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?displaylang=pt-br&FamilyID=05d30779-2ddc-48dc-aa91-a23167ee2cad

Esta atualização é importantissima pois houveram vários problemas com suporte para o Windows 7 e quando instalávamos o SCOM 2007 no Windows 2008 R2, principalmente o fato de alguns serviços não subirem de jeito nenhum ou os serviços paravam do nada, sem explicação nenhuma.

Quem precisar dos detalhes segue o link do KB: http://support.microsoft.com/kb/974144

Posted: jan 28 2010, 21:12 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: System Center
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'sca'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process.
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

System Center Advisor Preview–Novidades

Já por alguns anos estamos assistindo sobre o System Center Advisor, desde que seu nome era Atlanta:

Agora temos uma nova fase deste produto que mostra a evolução da monitoração de serviços e servidores utilizando Cloud Computing. No TechEd deste ano em Houston o time de produtos anunciou o Preview da nova versão, que irei detalhar aqui após os testes Beta. A tabela no próprio site mostra a evolução de recursos:

Advisor1

Ativação e Custo

Até o momento como Preview, o SCA continua como um produto gratuito, bastando utilizar um Microsoft Account (antigo Passport) para ativar a conta.

Para os clientes que já tinham o SCA integrado com o SCOM, o update do agente é realizado automaticamente.

Caso não conheça, veja instruções nos artigos acima para ativação e integração com o SCOM.

Nova Interface

A interface do SCA Preview é muito similar ao Preview do Microsoft Azure e mostra a tendencia dos novos produtos em termos de design, sendo que ao abrir a Home temos uma interface baseada em webparts, com um resumo de todos os Intelligence Packs ativos e a situação resumida de cada item:

System Center Advisor

Intelligence Packs

Os Intelligence Packs são pacotes de monitoração que podem ser adicionados na conta, como adicionais ao “Configuration Assessment” que já existe na versão atual. Lembrando que os Intelligence Packs ainda não tem a definição do custo de ativação.

Para acrescentar novos Intelligence Packs ou remover os já ativos utilizamos o botão +/- no canto superior direito da tela e teremos a lista dos Intelligence Packs disponíveis para ativação, com alguns ainda não disponiveis e com o tempo novos serão acrescentados:

Advisor4

Como exemplo, ativei o Intelligence Pack de “Gerenciamento de Log’'”

Advisor5-2 Advisor5-3

Ao ativar um Intelligence Pack este aparece na Home com a instrução de que precisa ser configura se necessário. No caso do “Gerenciamento de Log” realizei a configuração por incluir o nome do log do Windows que seria adicionado e o filtro de eventos, se desejado:

Advisor5-5

No dia seguinte, depois de ativar a monitoração por algumas horas já temos os dados disponiveis, como a Home no inicio deste artigo. Ao cliente am “Log Management” podemos ver os detalhes de dados e utilizar as Queries para acessar os dados do Log detalhado como a segunda imagem abaixo onde podemos ver o tipo de evento mais comum em um determinado log:

Completo4

Completo5

Outro Intelligence Pack adicionado que traz um retorno valioso é o “Antimalware” que analise eventuais falhas de segurança, updates não aplicados e até virus/trojans conhecidos:

Completo6

Para as funções já existentes no Advisor, houve melhoras substanciais como podemos ver no resumo abaixo, onde temos alem dos mais de 300 alertas disponiveis agora temos as recomendações baseadas em KBs e a análise de workloads, por tipo de produto como pode ser visto abaixo no resumo de configuração e detalhamento dos alertas:

Completo2

Completo3

Conclusão

O System Center Advisor agora é maduro e com certeza receberá grandes inclusões de recurso com o lançamento do produto final.

Para quem já tem a conta, basta ativar o Preview em https://preview.systemcenteradvisor.com e se utiliza integrado ao SCOM automaticamente terá os novos recursos sendo monitorados com a ativação dos Intelligence Packs.

Posted: mai 14 2014, 16:21 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

MVA: Gerenciamento de pequenas e medias empresas com System Center Advisor

Hoje foi disponibilizado um novo MVA (Microsoft Virtual Academy) que criei a algumas semanas, alem do post que criei em Abril http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Monitoracao-de-Servidores-com-o-System-Center-Advisor.aspx

O objetivo deste MVA é apresentar a ferramenta de monitoração gratuita e eficiente de forma simples e didática, com os 3 modulos:

image

Aproveite esta nova oportunidade: http://www.microsoftvirtualacademy.com/training-courses/gerenciamento-de-pequenas-e-medias-empresas-com-system-center-advisor

Posted: jul 02 2013, 11:45 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Advisor (Projeto Atlanta)

Nos ultimos dias, por ocasião do MVP Summit e do MMC, a Microsoft demonstrou que está agressiva em sua migração de serviços para a nuvem com o lançamento do System Center Advisor Beta e do Intune (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Familia-System-Center-Crescendo-Novidades-!!!.aspx)

O Atlanta é um produto que agrega o que o MBSA e outros BPAs (Best Practices Analyser) para fornecer um ambiente de monitoração em tempo real e atualizado.

O que o Atlanta herda do MBSA/BPAs são as features de best practices, análise de ambiente, lista de updates e outros. O que o diferencia é o fato de ser ativo e não passivo como o MBSA/BPAs.

Do SCOM o Atlanta herda as funcionalidades de alertas ativos do ambiente, com a vantagem de conter os KBs da Microsoft online, o que facilita em muito a resolução do de problemas. Por outro lado, o SCA não permite criar novos eventos e coletores como fazemos com o SCOM para monitorar aplicações in house.

Por enquanto o Atlanta apenas monitora os servidores com SQL Server e Windows Server mas está aberta a possibilidade de outros servidores serem agregados.

O cliente é baixado e instalado localmente nos servidores a serem monitorados e trabalha com um deles designado como proxy para fazer o papel de envio e recebimento de dados.

Seguem algumas telas para exemplo:

Atlanta1
Tela de configuração

Atlanta2
Tela de alertas inicial

Atlanta3
Tela com alertas de exemplo

Por enquanto o SCA está em beta gratuito basta entrar no site http://www.microsoft.com/systemcenter/en/us/Advisor.aspx para detalhes do produto e se cadastrar.

Posted: abr 05 2011, 14:42 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'sco 2012'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process.
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

E-book gratuito sobre System Center Orchestrator 2012

Este livro é muito bom, apesar de estar disponivel a alguns dias só hoje tive a oportunidade de ler o conteudo.

E posso dizer que o conteudo é excelente!!!!

http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2013/09/18/free-ebook-system-center-designing-orchestrator-runbooks.aspx

image

  • Contents
  • Introduction xi
  • Chapter 1 Introducing System Center 2012
  • Chapter 2 System Center Orchestrator
  • Chapter 3 Orchestrator architecture and deployment
  • Chapter 4 Modular runbook design and development
  • Chapter 5 Orchestrator runbook best practices and patterns
  • Chapter 6 Modular runbook example
  • Chapter 7 Calling and executing Orchestrator runbooks
  • Appendix the Windows PowerShell source code for core component
  • Appendix B Steps to set up VMM to Service Manager integration
Posted: set 30 2013, 23:57 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Atualizando System Center 2012 RTM/SP1 RC para SP1 RTM-Parte 1 (SCCM e SCOM, Orchestrator)

Com o lançamento da versão final do Service Pack 1 do System Center 2012 foi necessário fazer upgrade das versões dos produtos sem o Service Pack ou com o Service Pack 1 na versão Release Candidate (RC). Não irei abordar o Beta pois ele já estava defasado em relação aos testes em geral.

No meu caso, fiz as atualizações a partir das duas versões de todos os produtos e este será um resumo em duas partes, sendo este primeiro com o System Center Configuration Manager 2012, System Center Operations Manager 2012 e Orchestrator.

Segue uma tabela básica com o resultado e depois passo ao detalhamento:

  A partir do RTM A partir do SP1 RC Agentes
Configuration Manager Upgrade após desinstalar o WAIK e instalar o Windows ADK Upgrade sem intervenções Não exige o upgrade, mas relaciona os agentes no relatório das versões
Operations Manager Upgrade sem intervenções Upgrade sem intervenções Não exige o upgrade, apenas apresenta a versão correspondente em “Agent Managed”
Orchestrator Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database. Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database. Integration Packs com as novas funcionalidades do SP1 precisam ser instalados

 

System Center Configuration Manager (SCCM)

Tanto a migração do RTM como do SP1 RC foram transparentes e simples, porem é importante lembrar que o SCCM 2012 ainda utilizava o Windows AIK. O SCCM 2012 SP1 já foi atualizado para utilizar o Windows ADK que era beta na ocasião do lançamento do SCCM 2012. Porem, o processo é simplesmente desinstalar o WAIK e instalar o Windows ADK.

Em ambientes com hierarquia “Parent-Child” (onde são independentes mas fazem troca de dados) pode-se iniciar a atualização em qualquer um dos sites com o risco de ser recusado o upload de dados no Parent em versões diferentes. Por outro lado, em hierarquias “Primary-Secundary” (apenas o primário tem banco de dados) o upgrade deve ser feito de cima para baixo, ou seja, primeiro atualizamos o primário para o banco de dados ser atualizado e depois os secundários, que não irão funcionar corretamente até serem atualizados. Lembrando que neste caso a atualização pode ser feita pelo próprio console do SCCM.

Importante: Um erro no timestamp do certificado usado no agente do SCCM 2012 SP1 gera um erro “Couldn't verify 'C:\WINDOWS\ccmsetup\MicrosoftPolicyPlatformSetup.msi' authenticode signature. Return code 0x800b0101”. Baixe o hotfix em http://support.microsoft.com/kb/2801987

Ao abrir o setup já é possivel ver a opção de Upgrade disponivel, sem qualquer intervenção, como mostram os dois prints a seguir.

07-01-2013 12-06-15

07-01-2013 12-36-18

Os sites e configurações continuam ativas sem problemas, incluindo os agentes:

07-01-2013 14-45-31

 

System Center Operations Manager (SCOM)

Foi a migração mais simples de todas, não foi necessário qualquer atualização de componentes, nem a partir do RTM.

Em ambientes com instalação em multiplos servidores, a ordem básica se mantem como a do upgrade de versões anteriores. Iniciamos a migração pelo servidor que contem o Operational Database antes dos Management Servers e Gateway Servers.

O wizard de instalação detectou com facilidade os componentes instalados e listou o que estava sendo atualizado:

07-01-2013 15-29-13

Ao realizar a atualização foram alteradas as estruturas do banco de dados, motivo pelo qual o wizard recomenda o backup das bases antes do processo de upgrade.

07-01-2013 16-19-38

Ao final, o console abriu com todos os agentes saudáveis e o SCOM atualizado. Lembrando que o agente mostra a versão anterior mas não exige o upgrade:

07-01-2013 16-37-05

 

System Center Orchestrator (SCO)

Na ordem em que eu inicie as migrações, o Orchestrator foi o primeiro a não permitir o upgrade direto das versões anteriores. Tanto a partir do RTM quanto do SP1 RC a mensagem abaixo foi o resultado:

07-01-2013 22-41-24

Neste caso o processo consiste em desinstalar o Orchestrator e reinstalar o produto, porem utilizando a opção “Retain database” na seleção do banco de dados a ser utilizado.

07-01-2013 22-46-43

Após isso, todos os Runbooks estavam disponiveis e funcionaram corretamente, assim como os Integration Packs que continuaram disponiveis no Runbook Designer.

Porem, é importante que para tirar proveito das novas funcionalidades do SP1 é necessário baixar os Integration Packs novos (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Novos-Integration-Packs-para-Orchestrator-2012-SP1-e-Toolkit.aspx) e fazer o deploy a partir do Orchestrator Deployment Manager, que passa a mostrar a versão 7 (RTM) e as versões 7.1 (SP1):

07-01-2013 23-13-20

É importante que após a instalação dos novos Integration Packs os Runbooks continuaram funcionando normalmente, como o exemplo abaixo:

image

Posted: jan 15 2013, 11:16 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login
Marcelo de Moraes Sincic | Uma breve estória de virtualização, mesmo em ambiente que parece não apropriado
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process.
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Uma breve estória de virtualização, mesmo em ambiente que parece não apropriado

Atendo a um cliente que utiliza máquinas desktop como servidores e vimos a necessidade de resolver o problema do ponto de falha que estas máquinas antigas representavam. Como não havia máquinas iguais e o hardware já estava ficando obsoleto fizemos uma proposta.

O ambiente atual do cliente eram máquinas Core 2 Duo sem suporte a VT, algumas com 4 GB e outras com 2 GB. Haviam 6 servidores: Exchange 2007, DC e serviços de rede, Dynamics CRM com SQL, Servidor de arquivos e TS, DPM e ISA Server.

Nossa proposta foi manter os servidores DPM e ISA Server já que esses são fáceis de serem refeitos e não eram os LOBs da empresa podendo ser facilmente substituídos. Os outros quatro servidores seriam consolidados em 2 máquinas Core i3 com 8 GB de RAM com discos de 500 GB. Isso reduziria a quase zero um problema físico no hardware fazer um serviço da rede parar por horas, o que com certeza aconteceria com os hardwares antigos que já estavam travando e lentos. Com a virtualização, mesmo que não haja uma máquina igual a atual, qualquer uma poderá ser utilizada bastando instalar o Windows 2008 R2 com o Hyper-V, mesmo que na proporção de 1-para-1.

Fizemos todo o trabalho em uma noite e os resultados foram muito bons, as máquinas novas, apesar de também serem desktops, deram conta do recado e cada uma segura 2 VMs com o Hyper-V 2.0 do Windows 2008 R2. Não tínhamos a necessidade nem hardware suficiente para roda o VMM então optamos pelo Disk2VHD da SysInternals (Ferramenta para converter HD físico (em uso) para VHD)

O interessante de uso do Disk2VHD é que os servidores não precisam ser parados, assim como também pode ser feito pelo Hyper-V com o VMM. O utilitário gera os VHDs exatamente do mesmo modo que os discos físicos estão, incluindo partições, espelhamentos e outros recursos, permitindo fazer a imagem já no servidor destino utilizando pasta compartilhada. O processo de criação do VHD é rápido, um disco de 320GB foi convertido em 45 minutos.

O passo seguinte foi criar a VM no Hyper-V apontando para o VHD criado pelo Disk2VHD, para melhor performance utilizamos discos fisicos diferentes para cada uma das VMs hospedadas.. Após subir a VM, automaticamente o Windows 2008 reconheceu que foi virtualizado e atualizou os drivers pedindo para ser reiniciado após alguns minutos. Se o servidor fosse um Windows 2003 precisaríamos fazer a instalação dos additions e reiniciar, mas não foi o caso já que todos eram Windows 2008. O ultimo passo foi reativar o Windows já que após os drivers atualizados é necessária ativação, mas sem a necessidade de chaves adicionais ou fazer por telefone.

Posted: ago 09 2010, 23:39 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Comentários (2) -

Sandro Caiado said:

Muito bom esses cases Marcelo, quando puder poste mais!
Abraços e sucesso!

# agosto 28 2010, 11:52

Marcelo Sincic said:

Olá Sandro,

Obrigado e espero sim poder continuar contribuindo. Um abraço.

# agosto 29 2010, 21:12
Os comentários estão fechados
Login