MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Atualizações Automáticas no System Center Operations Manager 2016 (TP4)

Nas versões novas do System Center as atualizações passam a ser inteligentes. Por exemplo no SCCM todos os updates de produto e feature são automatizadas (http://www.marcelosincic.com.br/post/Nova-Feature-do-System-Center-Configuration-Manager-1511-Atualizacoes-e-Updates.aspx).

No caso do System Center Operations Manager um dos problemas era que as atualizações de Management Packs tinham que ser manuais por meio de acompanhamento dos blogs de produto.

A nova feature de Updates and Recommendations lista os Management Packs que tiveram atualização e permite com o botão Get All MPs  baixar as atualizaçoes automaticamente:

Capturar

Uma boa novidade para os administratores de SCOM!!!

Posted: mar 24 2016, 20:58 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Nova Feature do System Center Configuration Manager 1511–Atualizações e Updates

O que é o SCCM 1511 e quando sairá o SCCM 2016?

Antes de falar sobre esta nova feature, é bom lembrar que agora o SCCM não tem mais o ano como versão (2007, 2012, etc) e será como o Windows 10 utilizando um build e atualmente estamos no 1512 em RTM (não teste).

Essa é uma boa noticia, pois acabam os conceitos de versão que dificultam no licenciamento e manutenções. Melhor ainda com a nova feature que falaremos agora.

O que é o Update and Servicing?

Uma das novidades envolvendo o System Center Configuration Manager 1511 é o console de atualizações “Update and Servicing”.

Esta nova funcionalidade podia ser antes complementada com essa feature (http://www.marcelosincic.com.br/post/Configuration-Manager-Servicing-Extension-para-SCCM-2012-SP1-e-R2.aspx), mas agora ela evoluiu.

A partir desse novo item na console é possivel saber em qual versão está o Build em produção e fazer o download e instalação como se fosse o Windows Update para o SCCM.

No exemplo abaixo é possivel ver que baixei o update do 1511 para o 1512 sem qualquer tipo de intervencão durante o download e instalação, aliado ao fato dele automaticamente fazer o rollback em caso de falha:

capture20151228084903677

É interessante notar que agora é possivel fazer o download de atualizações apenas de features no item do Update and Servicing, o que não era possivel até o SCCM 2012 R2.

Com essa novidade aliado ao fato de não termos mais o versionamento complexo, será muito mais fácil dar manutenção no SCCM!

Posted: mar 24 2016, 20:05 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Configuration Manager 1511–Alterar “Evaluation’'”

É comum ao instalar o SCCM em suas diversas versões deixar para colocar a chave depois da avaliação.

Porem, na versão 1511 lançada no final de Novembro a opção comum a ser usada não funciona mais, ou seja, usar o Setup na opção “Perform site maintenance or reset this site”:

capture20151228100520008

Porem, note que não aparece a opção para incluir a chave de instalação:

capture20151228100528113

Esse “problema” muito provavelmente seja um bug ou por alguma intenção ainda não definida após 60 dias o SCCM 1511 passa a não mais dar a opção de usar a chave.

Para reabilitar, é importante saber que o problema é uma alteração na chave HKLM\Local Computer\Software\SMS\Setup onde o Product ID é alterado para “NONEVAL”, o que impede a inserção da chave posterior a instalação:

capture20151228100459536

Para resolver esse problema, basta alterar de “NONEVAL” para “EVAL”, fechar o Regedit e executar novamente o Setup:

capture20151228100558721

Voilá!!!!  Agora podemos incluir a chave!

Posted: dez 28 2015, 12:24 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Service Manager TP4 e 2012 R2–Novo Portal

Uma das novidades do TP4 do System Center “2016” é o fim do uso do SharePoint para o portal de auto-atendimento.

Isso era uma reclamação constante, tanto por conta da necessidade de criação do SharePoint, Layout, Administração e a versão 2010 que era exigida. Em geral eramos obrigados a instalar um servidor SharePoint Foundation 2010 no Windows 2008 R2 para servir de portal com todas as implicações de mais um servidor e serviço a ser administrado.

Na nova versão TP4 disponivel para download já está disponivel o portal totalmente em HTML!!! (https://technet.microsoft.com/en-gb/evalcenter/dn781241.aspx)

Para a versão 2012 R2 também foi disponibilizado o portal dentro do Update Rollup 8 do SCSM 2012 R2 em https://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=49556

Veja abaixo algumas das principais telas e como ficaram muito mais simples, funcionais, aspecto visual e layout do Windows 10 e com os botões de acesso rápido na barra superior na tela de entrada do portal:

capture20151207001916644

Ao abrir um chamado, os dados são os mesmos mas agora podemos indicar quais os “preferidos” para aparecerem no portal, alem de poder customizar para cada usuário:

capture20151207001939981

Por fim, a parte de interação com o suporte se tornou muito mais aprazivel e com os botões de acesso rápido na barra superior mais fácil de verificar atualizações.

capture20151207002016586

Enfim, essa é uma novidade que a muito esperavamos e finalmente ficou disponivel na versão TP4 e 2012 R2.

Posted: dez 28 2015, 11:13 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Utilizando Ferramentas Dell com o SCCM

A Dell possui duas ferramentas muito interessantes para integrar com o SCCM.

A primeira é o Dell Command | Configure que permite criar executáveis para configurar os desktops e notebooks da empresa. Disponível em http://en.community.dell.com/techcenter/enterprise-client/w/wiki/7532.dell-command-configure

O segundo é o Dell Command | Warranty que traz online os dados de garantia, atendimento e compra de cada equipamento registrado no SCCM. Disponivel em http://en.community.dell.com/techcenter/extras/m/mediagallery/20441033/download

Dell Command | Configure

É necessário nas empresas ter a segurança padronizada, opções especificas nas maquinas ou padronização de recursos. Por exemplo, habilitar o PXE, TPM, senha de alteração de BIOS, ordem de boot, opções de economia de energia, desabilitar recursos do HW (placas, USB, eSata) e qualquer outra opções existente no BIOS.

Essa ferramenta é muito simples de instalar e utilizar, como pode ser vista a tela principal do console de criação das configurações, sendo as opções:

  • Criar um pacote para qualquer equipamento, o que pode ter opções não existente em todos os equipamentos da empresa
  • Criar um pacote com base no equipamento local, onde apenas o que é do modelo que está sendo usado para o console aparece, util quando todos os equipamentos são padronizados
  • Abrir um pacote já criado para editar ou clonar
  • Histórico dos pacotes criados, editados e exportados

Dell Command-1

Para iniciar a criação de um pacote basta clicar no botão Edit e selecionar a opção desejada:

Dell Command-2

Neste caso configurei a ordem de boot das maquinas para evitar que seja utilizado o DVD ou USB como boot principal. Note que no console temos o botão Add Device que possibilita configurar todos os tipos de device, na ordem desejada.

Dell Command-3

Após as edições, basta clicar no botão Export Config para salvar o pacote com o objetivo de depois poder alterá-lo ou Export .EXE para gerar o executável e o arquivo sh que contem os metadados para ser importado no SCCM:

Dell Command-4

Dell Command-5

Logo após gerar o executável, o próximo passo é no console do SCCM usar o botão Import Dell Command | Configure Package como a imagem abaixo mostra. Importante lembrar que as duas pastas dentro de Packages são criadas pelo instalador:

Dell Command-6

Uma vez criado o pacote, salvo o executável e importado para o SCCM o processo é como qualquer outro pacote, fazendo o Deploy para as coleções que deseja configurar o BIOS.

Dell Warranty

Ao baixar e instalar o Dell Warranty ele cria um atalho que abre a janela de comando, já que a ferramenta não tem interface gráfica da Dell. Abaixo inclui o link da ferramenta gráfica da Microsoft disponível na biblioteca TechNet:

Iniciar

Dell Warranty

Note na janela acima que o primeiro comando serve para indicar onde estão os dados do SCCM, por meio do banco de dados. Abaixo o comando DellWarranty-CLI faz o link para o banco de dados do SCCM:

Dell Warranty-1

Na sequencia já podemos pedir para o utilitário com o comando DellWarranty-CLI trazer todos os dados de garantia, como a imagem abaixo demonstra com o resultado em CSV:

Dell Warranty-2

Pode ser visto o nivel de detalhes, como tipo de compra, modelo completo, garantia, tipo de garantia e atendimento, etc.

Com a ferramenta Dell Warranty Extension disponivel em https://gallery.technet.microsoft.com/Dell-Warranty-Status-20-ae67cc13 é possivel ver estes dados clicando com o botão direito no equipamento:

image

Posted: ago 03 2015, 17:14 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'esata'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Disco Externo eSATA Desaparece ou Lento Após Conectado

Um problema que já me aconteceu algumas vezes e já precisei resolver para alguns amigos é o uso do disco externo eSATA desaparecer após conectado, ou mesmo apresentar lentidão extrema ao ser inserido demorando muito para ser detectado como letra.

SINTOMA

Ao olhar o Event Viewer você provavelmente encontrará um dos eventos abaixo:

Evento 51: An error was detected on device \Device\Harddisk?\DR? during a paging operation.

Evento 9: The device, \Device\Ide\iaStor0, did not respond within the timeout period

O evento 9 é consequencia do evento 51 que indica erro ao criar paginação para o disco que foi inserido.

CAUSA

Diferente de um disco USB que tem acesso limitado a recursos, os discos eSATA entram no mesmo barramento do disco fixo da maquina, o que faz com que ele apareça como unidade de paginação, como mostra a figura abaixo.

Configurado em modo automático, o Windows tentará criar no disco removível um arquivo de paginação, o que gera o erro.

image

SOLUÇÃO

Altere o gerenciamento de memória virtual desligando o modo automático em TODOS OS DISCOS e deixe apenas no disco C: ou outro fixo desejado e o problema não ocorrerá mais.

image

Posted: ago 08 2011, 10:31 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Hardware | Windows

Performance de discos externos eSATA x USB 2.0

Em um post do mes passado (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Comprando-direto-da-China-(coisas-que-valem-a-pena-!!!)-Case-HD-e-Adaptador-para-e-Sata.aspx) falei sobre uma loja chinesa que vendia produtos direto para o brasil.

Muitos me mandaram email sobre se realmente a porta eSata é tão boa quanto eu havia comentado no post. Pois bem, em primeiro lugar gostaria de relembrar que eSata é uma saida Sata real e não emulada, portanto igual a que você tem em um desktop e um notebook.

Mas como sempre existem os céticos que dizem "ahhhh, duvido...", segue um gráfico de performance gerado pelo HWInfo32 (http://www.hwinfo.com/index.html) e notem que o disco que utilizei nos testes, um Seagate Sata de 250 GB de 2.5" (notebook) em um case que tem as portas USB e eSata que comentei no post acima.

 Gráfico de Performance do disco utilizando USB 2.0

 Gráfico de Performance do disco utilizando porta eSata (SATA-II)

Como você pode ver, a performance é quase 3 vezes maior de um discos eSata em relação a um USB, de 20.09 MB/s para 75.53 MB/s em leitura sequencial, o que é impressionante, porque o meu disco permanente do notebook tem a leitura de 78.40 MB/s.

Posted: mar 27 2010, 15:35 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Hardware

Comprando direto da China (coisas que valem a pena !!!) Case HD e Adaptador para e-Sata

A alguns dias, depois do webcast que fiz sobre Sharepoint e SQL Server 2008, o Alexandre Lopes me fez uma pergunta sobre como rodava eu máquinas virtuais, pois ele achou rápido. Na ocasião comentei sobre o notebook e até cheguei a dizer que comprei aquele modelo por causa da porta e-SATA que utilizo para o meu HD externo.

Em primeiro lugar, e-Sata ou esata (External Serial ATA), é uma porta SATA externa com a velocidade real, ou seja, de 1.5GB (Sata I) ou 3.0GB (Sata II) o que nem se compara ao USB 2.0 que é de 400 MB. Existem adaptadores para desktop que se encaixam no slot frontal da maquina onde ficaria um drive de cdrom e placas PCMCIA ou ExpressCard para notebooks.

É ai que entra a China. Existe um site obscuro mas legal e confiavel que se chama Deal Extreme (www.dealextreme.com) que vende gadgets diversos. Este site é cheio de baboseira de camelô, tem até uma barata robotizada que se alimenta de luz solar !!!!!

Porem se você consultar a parte de informatica (computer) encontrará muitos itens legais, por exemplo, o slot para portas e-Sata e o case para HD de 3.5 ou 2.5 com saida e-Sata, USB e até alguns com Fireware. Enquanto aqui em SP nos "ching lings" se vende o slot por R$ 45 e o case de 2.5 por R$ 70, no DX o preço sai por muito menos. E o melhor de tudo é que este obscuro site (a INFO acha que eles tem algum tipo de apoio do governo) não cobra frete !!!!

Veja os itens que coloquei os preços (claro que em dólar) e se divirta com o resto do DX:

 Case de HD 2.5 (notebook) - $16.33
 

Adaptador Externo para e-Sata $4.20

 

Placa ExpressCard para e-Sata $12.59

Dicas e dados para compra no Deal Extreme:

  1. Utilize como meio de pagamento o PayPal (www.paypal.com), que é do eBay e portanto é confiável. É o mesmo site que se utiliza para comprar créditos para o Skype. Cadastre o seu cartão INTERNACIONAL e eles cuidarão do pagamento, evitando transtornos.
  2. Não é necessário se cadastrar no DX já que o pagamento será feito pelo PayPal
  3. Os produtos comprados vem em embalagens ocre com a inscrição "Gift", ou seja, um presente pra você.
  4. Em alguns casos a alfandega pode implicar e abrir os pacotes e você irá receber um aviso dos correios para ir pagar o imposto, que em geral é de 50% do valor total. Porem eu já comprei headset bluetooth, cases de HD, pilha, presenter wifi e um monte de tranqueiras (opa, Gadgets é mais bonito!) e apenas uma vez tive que pagar o imposto e o motivo é que mandei vir 3 cases de HD de 3.5 e o pacote ficou grande.
  5. Compre coisas em pacotes menores, evite juntar muitas coisas e criar um pacote grande como meu exemplo acima e evite problemas com a alfandega.
  6. Calma !!!!!! Se vc acompanhar pelo site dos correios irá descobrir que chega no Brasil em cerca de 10 dias, mas os correios demoram áté 60 dias para liberar por causa da alfandega, então espere pacientemente, NÃO COMPRE NADA QUE PRECISE COM URGENCIA

IMPORTANTE: Como falei no começo já comprei muitas vezes, nem sei dizer quantas, e nunca tive problemas. Mas isso não quer dizer que você não possa ter problemas. Afinal vem tudo da China de navio...

Posted: fev 12 2010, 10:18 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Hardware | Outros
Login