MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Lançamento do System Center Configuration Manager R3

Hoje foi lançado (2:00pm PST / 18:00 brasilia) o R3 do ConfigMgr 2007.

Em post anteriores já havia comentado sobre suas novas funcionalidades baseado no Beta e segue os links para quem desejar instalar esta atualização:

Instalando os relatórios da feature Power Management do SCCM R3

Green IT no System Center Configuration Manager R3 - Power Management

TechNet Webcast: Visão Geral Técnica: System Center Configuration Manager 2007 SP2 e R3, dia 2/6/2010

Suporte a Intel vPro no System Center Service Manager e no Configuration Manager

Para quem já possui as versões anteriores do ConfigMgr 2007 não é necessário licenciar o R3, já que se trata de uma atualizações e não um novo produto.

Fonte: http://blogs.technet.com/b/systemcenter/archive/2010/10/14/system-center-configuration-manager-2007-r3-unleashed.aspx

Posted: out 14 2010, 14:19 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Virtual Labs do TechNet para a familia System Center

Hoje as 19:00 horas (3:00 hrs PST) foram liberados os Virtual Labs para o System Center Configuration Manager v.Next.

Já falei do v.Next várias vezes em posts anteriores, inclusive sobre a disponiblidade da VM pronta para testes.

Porem os VLs são muito interessantes porque permitem executar seus testes diretamente nos servidores da Microsoft com VMs hospedadas em Hyper-V.

Para acessar os VLs utilize o link: http://technet.microsoft.com/en-us/virtuallabs/bb539977.aspx

Note que apenas os 9 primeiros são do v.Next e os outros são do SCCM 2007, mas inclui também na lista alguns com as funcionalidades do SCCM 2007 R2.

Para ajudar nos seus laboratórios ou participar do CEP acesse o post que montei em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/System-Center-Configuration-Manager-vNext-em-Preview-Aberto.aspx

Fonte: http://blogs.technet.com/b/systemcenterexperts/archive/2010/10/05/configuration-manager-v-next-virtual-labs-announcement.aspx

Posted: out 05 2010, 19:39 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Configuration Manager v.Next em Preview Aberto

Já a algum tempo que os participantes do programa System Center Influencers tinham a cópia para testes do SCCm v.Next e já havia publicado alguns artigos sobre as novidades desta nova versão.

Agora o v.Next está aberto ao público alem do grupo de influenciadores no link http://blogs.technet.com/b/systemcenter/archive/2010/09/17/announcing-the-configuration-manager-v-next-community-evaluation-program.aspx?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Cadastre-se, respondendo a persquisa e poderá ter uma idéia de como é que será o novo SCCM. Se quiser desde já saber algumas das novidades, veja os 3 posts que já tenho e em breve publicarei as próximas 3 partes:

System Center Configuration Manager vNext - Parte I

System Center Configuration Manager vNext - Parte II

System Center Configuration Manager vNext - Parte III

Posted: set 17 2010, 18:55 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Configuration Manager 2012 - Parte III

Veja a parte I: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/System-Center-Configuration-Manager-vNext-Parte-I.aspx
Veja a parte II: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/System-Center-Configuration-Manager-vNext-Parte-II.aspx

Neste terceiro post das novidades do ConfigMgr vNext vou abordar as novas funcionalidades referentes ao grupo de operações “Monitoring”.

A imagem abaixo mostra como foi organizado esta árvore com os alertas de estados gerados pelas situações do servidor e pacotes, como já havia no SCCM 2007. Em Queries é possivel montar as consultas a dados que os administradores utilizam para procurar dados ou máquinas especificas, gerar listas ou base para coleções.

Reporting são as coleções de relatórios que no vNext ficam todos no SQL Server Reporting Services, diferente das versões anteriores que mantinham tanto relatórios no SQL RS quanto no formato proprietário. Essa mudança foi gradual, já que os novos relatórios no R3 precisavam ser instalados a parte e só funcionavam com o SQL RS (Instalando os relatórios da feature Power Management do SCCM R3).

Vamos a algumas novas telas que possuem funcionalidades bem interessantes. A primeira delas é a tela abaixo onde podemos ver a estrutura do Site. Notem que o dashboard mostra os servidores e ao parar o mouse sobre um deles é possivel ver a situação dele e ter acesso a configurações. Essa é uma funcionalidade bem interessante e prática para os administradores de multiplos sites com hierarquias complexas e diversos servidores.

Site

Site Status

Outra interessante funcionalidade é a monitoração do status dos clientes. Note que na primeira parte abaixo o dashboard mostra como está a “saúde” dos clientes, indicando em um gráfico e com dados quantas estações estão com problemas ou falhas. Também destaca-se no dashboard os links para “Client Status Settings” facilitando a configuração dos dashboards.

Note também a presença dos links que permitem detalhes de ocorrencias, como mostrado nas duas imagens abaixo.

Client Status-1

Client Status-2

Similarmente o dashboard de atividade dos clientes irá facilitar a visualização de clientes que demoram a se reportar e entram em estado de inatividade. Veja mais um vez que os dados são mostrados de forma simples de serem visualizados e com detalhamento por grupo de computadores.

E na segunda imagem com as trends é possivel ver em um elegante gráfico de barras quantos clientes se comunicaram em um prazo especifico, permitindo com isso verificar também como anda o tráfego de dados entre servidor e cliente.

Client Activity-1Client Activity-2

No próximo post irei detalhar as novidades de “Asset and Compliance”.

Posted: jul 16 2010, 11:02 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Instalação do Agente System Center Data Protection Manager no Windows 2008 R2

Ao tentar instalar o agente do DPM, tanto o 2007 quanto o 2010 no Windows 2008 R2 tive problemas em algumas máquinas.

SINTOMA

Ao tentar instalar de forma automática pela console ele acusa o erro abaixo:

Error 313: The agent operation failed … Error details: Fatal error during installation (0x80070643)

CAUSA

Erros de instalação podem acontecer por alguns problemas típicos como usuário e senha insuficientes para o processo mas neste caso o problema em 3 servidores que já ocorreu foi por causa do firewall.

Mesmo não habilitado o serviço de firewall do Windows está no ar e proíbe a inclusão da regra de exceção. Isso vale quando o firewall está desabilitado mas o serviço está em execução.

SOLUÇÃO

  1. Desative o firewall pelo Network Sharing Center
  2. Pelo Services do Windows pare (stop) o serviço de firewall do Windows
  3. Volte ao console do DPM e mande instalar o agente

Em geral este procedimento simples resolve o problema. Se você tiver outros problemas fique a vontade para entrar em contato ou escreva nos comentários.

Posted: jul 13 2010, 22:09 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login
Marcelo de Moraes Sincic | Green IT
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Vamos Falar do Projeto Microsoft Honolulu?

O projeto Honolulu foi muito comentado a algum tempo atrás e linkado a uma nova interface gráfica do Windows ou funcionalidade.

Agora em 01/Dezembro saiu uma nova versão Preview e documentação do Honolulu e já está bem maduro e com arquitetura final definida.

O que é o projeto Honolulu?

É uma nova interface de GERENCIAMENTO para Windows Server.

Não se trata de uma substituição do Server Manager do Windows 2012/2016 e sim uma interface baseada em novos protocolos para acesso e facilidade de uso, alem da capilaridade no gerenciamento.

Quais as vantagens do Honolulu sobre o Server Manager?

O Server Manager é uma ferramenta muito boa, mas é baseada em protocolos locais (RPC, WinRM e outros) alem de ser baseada em uma GUI que precisa ser instalada.

O Honolulu é 100% baseado em web para acesso aos dados e utiliza WinRM, WMI e PowerShell para administração dos servidores.

Com o Honolulu é possivel fazer coisas que o Server Manager não faz, como executar scripts, Windows Update, administrar e monitorar VMs, etc.

Por outro lado, o Honolulu não administra tantos serviços como o Server Manager, como por exemplo File Server, DHCP, DNS, etc que continuam a ser administrados pelas ferramentas MMC.

Como instalar o Honolulu?

A instalação é muito simples, mas é preciso definir a arquitetura.

Basicamente podemos utilizar instalado em um unico servidor e vincular os outros na administração como nós, ou então instalar um servidor como Gateway para acessar os outros e facilitar o trafego quando temos muitos servidores em um farm:

deployment

Em geral para estas ferramentas o ideal é criar um servidor com pouca memoria e poder de processamento (na figura o segundo modelo) para não onerar servidores com outras funções, já que ele cria um serviço para o Honolulu:

capture20180108110941303

Para baixar o Honolulu, como ainda é um Preview é necessário usar a página de avaliaçoes de produtos Windows Server em https://www.microsoft.com/en-us/evalcenter/evaluate-windows-server-honolulu

Como administrar um servidor com o Honolulu?

Vamos as telas básicas. Primeiro inserimos um servidor na lista e a partir dai é possivel por qualquer navegador ver os gráficos de uso, configurar itens, fazer conexão remota, executar comandos PowerShell, etc.

Primeiro, vamos adicionar novos servidores, clusters ou até Windows 10 Client:

capture20180108103235350

Na sequencia basta indicar o usuário e escolher o servidor/cluster que deseja visualizar:

capture20180108103532804

O nivel de detalhes aborda desde os itens de HW até gráficos detalhados para cada um dos itens vituais do servidor/cliente que está sendo monitorado:

capture20180108104007877

Mesmo alguns itens como discos fisicos, volumes e Storage Space já podem ser administrados no Honolulu:

capture20180108104156585

Uma feature interessante é poder administrar o Windows Update remotamente:

capture20180108104311080

O gerenciamento de VMs em um Hyper-V tambem é um dos destaques pelo nivel de detalhamento e a interface intuitiva:

capture20180108104402669

capture20180108104503812

Finalizando, segue o link da documentação técnica do Honolulu: https://docs.microsoft.com/en-us/windows-server/manage/honolulu/honolulu

Posted: jan 08 2018, 18:49 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Utilizando Ferramentas Dell com o SCCM

A Dell possui duas ferramentas muito interessantes para integrar com o SCCM.

A primeira é o Dell Command | Configure que permite criar executáveis para configurar os desktops e notebooks da empresa. Disponível em http://en.community.dell.com/techcenter/enterprise-client/w/wiki/7532.dell-command-configure

O segundo é o Dell Command | Warranty que traz online os dados de garantia, atendimento e compra de cada equipamento registrado no SCCM. Disponivel em http://en.community.dell.com/techcenter/extras/m/mediagallery/20441033/download

Dell Command | Configure

É necessário nas empresas ter a segurança padronizada, opções especificas nas maquinas ou padronização de recursos. Por exemplo, habilitar o PXE, TPM, senha de alteração de BIOS, ordem de boot, opções de economia de energia, desabilitar recursos do HW (placas, USB, eSata) e qualquer outra opções existente no BIOS.

Essa ferramenta é muito simples de instalar e utilizar, como pode ser vista a tela principal do console de criação das configurações, sendo as opções:

  • Criar um pacote para qualquer equipamento, o que pode ter opções não existente em todos os equipamentos da empresa
  • Criar um pacote com base no equipamento local, onde apenas o que é do modelo que está sendo usado para o console aparece, util quando todos os equipamentos são padronizados
  • Abrir um pacote já criado para editar ou clonar
  • Histórico dos pacotes criados, editados e exportados

Dell Command-1

Para iniciar a criação de um pacote basta clicar no botão Edit e selecionar a opção desejada:

Dell Command-2

Neste caso configurei a ordem de boot das maquinas para evitar que seja utilizado o DVD ou USB como boot principal. Note que no console temos o botão Add Device que possibilita configurar todos os tipos de device, na ordem desejada.

Dell Command-3

Após as edições, basta clicar no botão Export Config para salvar o pacote com o objetivo de depois poder alterá-lo ou Export .EXE para gerar o executável e o arquivo sh que contem os metadados para ser importado no SCCM:

Dell Command-4

Dell Command-5

Logo após gerar o executável, o próximo passo é no console do SCCM usar o botão Import Dell Command | Configure Package como a imagem abaixo mostra. Importante lembrar que as duas pastas dentro de Packages são criadas pelo instalador:

Dell Command-6

Uma vez criado o pacote, salvo o executável e importado para o SCCM o processo é como qualquer outro pacote, fazendo o Deploy para as coleções que deseja configurar o BIOS.

Dell Warranty

Ao baixar e instalar o Dell Warranty ele cria um atalho que abre a janela de comando, já que a ferramenta não tem interface gráfica da Dell. Abaixo inclui o link da ferramenta gráfica da Microsoft disponível na biblioteca TechNet:

Iniciar

Dell Warranty

Note na janela acima que o primeiro comando serve para indicar onde estão os dados do SCCM, por meio do banco de dados. Abaixo o comando DellWarranty-CLI faz o link para o banco de dados do SCCM:

Dell Warranty-1

Na sequencia já podemos pedir para o utilitário com o comando DellWarranty-CLI trazer todos os dados de garantia, como a imagem abaixo demonstra com o resultado em CSV:

Dell Warranty-2

Pode ser visto o nivel de detalhes, como tipo de compra, modelo completo, garantia, tipo de garantia e atendimento, etc.

Com a ferramenta Dell Warranty Extension disponivel em https://gallery.technet.microsoft.com/Dell-Warranty-Status-20-ae67cc13 é possivel ver estes dados clicando com o botão direito no equipamento:

image

Posted: ago 03 2015, 17:14 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Novo curso no Microsoft MVA: System Center Configuration Manager 2012

Criado a algumas semanas por mim e o Josué Vidal (@josuevidall), este novo MVA (Microsoft Virtual Academy) aborda toda a infraestrutura e recursos que o SCCM 2012 possuem.

Vale a pena assistir em http://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/introducao-ao-system-center-configuration-manager-2012

image

Posted: ago 14 2012, 23:17 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Palestra sobre Green IT–Semana da Informatica UNIT Aracaju

Hoje terminou o evento de uma semana organizado pelo MVP Jordano Mazzoni (@jordanomazzoni).

Neste sábado foram as ultimas palestras, Ramon Duraes sobre ALM, eu sobre Green IT e o Eduardo Freire sobre Gerenciamento de Projetos. Ainda no grupo dos MVPs que participaram houve o próprio Jordano e ontem o Alberto Oliveira que não tivemos a oportunidade de encontrar por aqui, uma pena.

Segue um “presente” para quem deseja saber mais sobre o assunto. Este livro é gratuito e disponibilizado na internet por uma iniciativa da HP: GreenITforDummiesSpecialEdition.pdf (3,65 mb)

Alem disso, segue o ppt da apresentação no formato PDF: SemInfo Aracaju.pdf (2,08 mb)

E por ultimo, o exemplo da planilha que utilizei para mostrar rapidamente o custo de energia em um ambiente de TI: Exemplo Consumo.xlsx (10,95 kb)

 

Posted: out 30 2011, 21:12 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Dynamic e Power Optimization do VMM 2012-Hyper-V + XenServer + VMWare

No post anterior sobre VMM 2012 abordei a capacidade de utilizar as 3 tecnologias de migração das VMs entre os host XenServer, VMWare e Hyper-V. Todos podem estar no mesmo grupo e utilizando o PRO Tips. Detalhes em http://bit.ly/pf0v9M

Mas agora vamos falar de duas novas features e como funcionam:

  1. Dynamic Optimization – Gerencia a agressividade com que as VMs são movidas entre os nós no modo “quente”
  2. Power Optimization – Desliga e religa nós do cluster conforme a utilização dos recursos
Dynamic Optimization

Esta feature irá gerenciar com qual nível de agressividade iremos fazer o balanceamento de carga nos hosts. É compativel com XenServer e VMWare desde que o BMC esteja instalado nos hosts. Note porem que o processo de migração das VMs ocorrerá entre os hosts do mesmo SO.

Note na tela abaixo que é possivel definir manualmente a frequencia em que este processo será executado. Tempos muito altos ocasionaram moves excessivos de VMs entre os hosts, tempos longos podem gerar lentidão em um host até que as VMs sejam movidas. O ideal é de 10 a 30 minutos para detecção e solução.

Abaixo vemos a configuração considerada ideal para que o VMM detecte a necessidade de move de VMs. No exemplo temos 30% de CPU, 512 MB de memória livre e não levamos em conta IOPS e Network pois esses dois itens comulmente são compartilhados entre os nós de um cluster e não são otimizados com moves entre os nós.

image

NOTA: Lembrando mais uma vez que esta configuração é feita nos grupos que podem contem Hyper-V, Xen Server e VMWare e que os moves irão acontecer entre estes servidores com o mesmo SO e não entre os diferentes SOs. Alem disso é necessário no caso do VMWare e do Xen Server que estejam em cluster.

Power Optimization

Este novo recurso é muito interessante, levando em conta que muitos cluster tem o dobro da necessidade média levando em conta os picos. O Dynamic Optimization ajuda no momento em que o pico ocorre a distribuir as VMs, mas e quando há sobra de recursos?

O Power Optimization irá desligar os nós que não sejam necessários quando a utilização dos hosts reduzindo nós terá umca determinada capacidade e no horário escolhido.

No exemplo abaixo iremos desligar o host desde que a utilização dos outros nós com os moves de VM não fiquem acima de 40% e 1GB de RAM, e desde que esteja em horário noturno ou final de semana.

O processo de desligamento é um shutdown  sendo que o religamento é realizado por pacotes WOL (Wake On Lan) que precisa estar habilitado na BIOS do host. Alem disso nos hosts ESX e Xen Server é necessário ter o BMC, assim como no Dynamic Optimization.

Alem disso, existe uma proporção para esse recurso:

  • Cluster de 4 ou 5 nós – 1 nó será desligado
  • Cluster de 6 ou 8 nós – 2 nós serão desligados
  • Cluster de 9 ou 10 nós – 3 nós serão desligados
  • Acima de 10 nós – 1 nó adicional pode ser desligado a cada 2

image

NOTA: O recurso Power Optimization só funcionar entre nós do cluster e não host-to-host.

Referencia: http://technet.microsoft.com/en-us/library/gg675109.aspx

Login