MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Resumo de 2012–Ano de Muitos Lançamentos e Trabalho a Comunidade

O ano de 2012 foi um dos mais agitados para a comunidade Microsoft com lançamentos em todas as linhas de produtos. Este foi o ano em que me afastei de vez da área de desenvolvimento e foquei definitivamente na área de infraestrutura, principalmente em gerenciamento de Datacenter com Windows Server e System Center.

Eventos em 2012

Logo em Janeiro recebi um prêmio do time de produtos System Center Operations Manager para participar o MMS 2012, evento focado em gerenciamento que ocorreu em Las Vegas no mês de Abril. Recomendo a todos que tiverem oportunidade de participarem este ano que será de 18 a 22 de Abril (http://www.2013mms.com/). O edição de 2012 foi especial, pois o lançamento do System Center 2012 ocorreu no primeiro dia do evento, o que deixou todos eufóricos. Um resumo do evento e o link para baixar as apresentações e as gravações das palestras (GRATUITO!!!) estão relacionados em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/MMS-2012e28093Novidades-Importantes-e-Assista-o-Evento-Online.aspx

Em Abril recebi o convite para participar pela segunda vez de um evento do SQLPass, desta vez o #127 que ocorreu no Rio de Janeiro. Neste evento apresentei o conteudo sobre como garantir performance máxima do hardware e storage http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Palestra-no-SQL-Pass-Saturday-RJ-em-14Abr.aspx

No mes de Maio foi a vez do lançamento do System Center 2012 no Brasil, com um grande evento em que eu e o Marcio Tadashi da Dell apresentamos a solução implementada de SCCM 2012 no Hospital Albert Einstein http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Case-do-Hospital-Albert-Einstein-de-SCCM-2012e28093Evento-de-Lancamento-do-System-Center-2012.aspx

Em Novembro foi a vez do evento oficial de lançamento do Windows 8 no Brasil onde mais uma vez a Microsoft me convidou para participar com a palestra sobre Deployment do Windows 8 no Via Funchal. Evento de alto nível, mais uma vez http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Apresentacao-sobre-Deployment-do-Windows-8-no-Evento-de-Lancamento-Tecnico.aspx

Durante o mes de Novembro e Dezembro participei de uma iniciativa do time de MVPs que foi o MVP IT Show Cast (http://mvpitshowcast.wordpress.com/), uma série de 45 eventos. Os meus eventos deixei todos disponiveis, incluindo o presencial no canal do Youtube http://www.youtube.com/user/MMS0018888

Ainda em Dezembro apresentei a palestra “Saiba mais sobre Storages, NAS, SAN, FC e IOPS e escolha o melhor para cada cenário” no MCT Summit, encontro de todos os MCTs do Brasil http://www.mctsumm.it/Pages/Agenda.aspx

Em vários eventos pelo ano pude apresentar palestras no EBC da Dell para clientes sobre as novidades do Windows Server 2012, focando principalmente em virtualização.

MVA – Microsoft Virtual Academy

Durante o ano fui responsável pela organização de diversos cursos no MVA, que é um centro de treinamento oficial da Microsoft em diversos produtos:

Artigos e Destaques

No mês de Abril recebi o convite da Microsoft, por meio da agencia de publicidade, para criar conteudos relevantes sobre System Center 2012 e Private Cloud, alimentando o portal MIVP (Most Influential Virtualization Professional).

Este conteudo está todo disponivel por meio de artigos no portal MIVP sob o subtópico System Center http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/7533.portal-mivp-most-influential-virtualization-professional-pt-br.aspx?ocid=soc-n-br-loc

Mais uma vez a Microsoft criou uma campanha para gerar conteudo, desta vez com o nome “Windows Server League” onde 10 profissionais irão falar sobre o Windows 2012, e eu fui um dos selecionados: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Lancamento-da-Campanha-Windows-Server-League.aspx

Certificações e Reconhecimentos

O mais importante do ano foi em Outubro recebi novamente o título MVP (Microsoft Most Valuable Professional), o que me alegra muito por ser um diferencial profissional de criação de conteudo na comunidade técnica http://mvp.microsoft.com/profiles/sincic

Mas também foi um ano de diversas certificações:

  • MCT – Microsoft Certified Trainer: Completei 12 anos como MCT em 2012
  • MCSE: Private Cloud (Microsoft Certified Solution Expert) – Envolve virtualização e System Center 2012 para gerenciamento de Datacenters
  • MCSA: Windows 2012 (Microsoft Certified Solution Associate) – Especialista em Windows 2012
  • MCITP: Virtualization Admin (Microsoft Certified IT Professional) – Especialista em Virtualização envolvendo Hyper-V, VDI e RDS
  • ITIL v3 Practioner – Atesta o conhecimento de procedimentos ITIL no gerenciamento de TI

Em 2012 por duas vezes recebi reconhecimento pela contribuição ao time de System Center, premio de influenciador pelo time de Data Protection Manager e o prêmio final com a viagem ao MMS 2012 pelo time de Operations Manager.

Alem disso, fico feliz que por 3 vezes fui reconhecido pelas contribuições no TechNet Wiki:

Estatisticas

Fiquei muito feliz pelo número de acessos ao meu site em português (http://www.marcelosincic.com.br)

Blog

Este ano fui surpreendido pelo número de visitas ao meu site transliterado para o inglês (msincic.wordpress.com) onde nos ultimos meses obtive quase o mesmo número de acessos que o meu blog principal em português:

Visitas WP

Conclusão

O ano de 2012 foi agitado pelo número de produtos lançados, mas ainda estamos começando a trabalhar com muitos deles.

Este ano de 2013 promete ser um ano de muitas novidades, portanto espero mais uma vez corresponder ao que a comunidade espera e gerar cada vez mais conteúdos relevantes!

Posted: dez 31 2012, 19:05 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

MVA sobre MAP (Microsoft Assessment Planning and Toolkit)

Hoje foi disponibilizado mais um treinamento no MVA que pude participar.

O MAP é uma ferramenta que não só faz o inventário de um ambiente com Windows, Linux, Oracle, MySQL e outros. Ele analisa os dados e permite saber quais migrações estão viáveis ou não gerando planilhas Excel com dados analíticos e relatórios de proposta em Word completas.

Assista e entenda melhor esta ferramenta: https://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/migrando-ambientes-com-map

image

Posted: dez 21 2012, 17:04 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8 | Windows 2012

WMF 3.0 Causa Problemas com Exchange e SCCM

Em um post anterior comentei que para administrar um servidor Windows 2008 R2 com o Server Manager do Windows 2012 (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Monitorando-Servidores-Windows-2008-R2-com-o-Windows-2012-Server-Manager.aspx) bastava instalar o Windows Manager Framework 3.0 (WMF 3.0).

Recentemente o WMF 3.0 passou a ser oferecido como opcional no Windows Update.

Porem, agora surgem avisos de que ele causa alguns comportamentos indesejados no Exchange 2007/2010 e SCCM 2012, com isso é bom verificar se o produto instalado no servidor será afetado. Os dois produtos estão confirmados, mas existem muitos relatos em foruns de problemas com scripts para SharePoint e .NET

Ou seja, pelo que é possivel entender o WMF 3.0 afeta o funcionamento do IIS e aplicações que utilizam o IIS e .NET ficam comprometidas.

Windows Management Framework 3.0 on Exchange 2007 and Exchange 2010

Configuration Manager Management Points collocated with clients fail after installing Windows Management Framework 3.0 and running Client Health Evaluation

Gravação da Palestra Gerenciando Private Cloud com System Center 2012 no MVP IT ShowCast na PUC

Na palestra de sábado, focamos o System Center de forma diferente. Ao invés de abordar todos os produtos e o cada um deles faz, o foco foi centralizado nas capacidades que são utilizadas em gerenciamento de Private Clouds, por exemplo, no SCCM cobrimos as funcionalidades de DCM e Software Update, já que as outras não são utilizadas em escala significativa para Private Cloud.

 

Private Cloud com System Center 2012 no MVP ITShowCast

Novo Microsoft Virtual Academy: Visão geral do Windows 2012

Hoje foi disponibilizado mais um curso no MVA da Microsoft com a visão geral do Windows 2012 separado em 7 módulos.

Neste novo MVA tive o prazer de trabalhar novamente com o Leandro Carvalho e o Prof.Andre Luiz

Clique aqui e complete mais um curso!   http://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/visao-geral-do-windows-server-2012 

image

Posted: dez 10 2012, 22:27 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 2012 | Treinamento
Login
Marcelo de Moraes Sincic | junho 2013
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Instale o Windows 8.1 (Blue) Preview

Hoje foi liberado o Windows 8.1 Preview.

Para baixá-lo entre em http://preview.windows.com para baixar o update e depois será avisado da atualização pela loja:

Tela1

Tela2

Na sequencia poderá ver o novo Menu Iniciar e o botão de volta.

Note que agora é possivel agrupar e dar nomes a estes grupos, alem de escolher entre 4 diferentes tamanhos para os tiles, como mostrado na tela acima e abaixo.

image

Posted: jun 26 2013, 21:40 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8

Conceitos de Storage para IT Pro 3 – Virtualização e Tierização

No primeiro artigo desta série Conceitos de Storage para IT Pros–Tipos de RAID e IOPS abordamos alguns conceitos importantes e básicos para profissionais de TI sobre os tipos de RAID disponiveis e utilizados hoje em storages e também como calcular IOPS (operaçoes de leitura e escrita) para cada tipo de disco e aplicações.

No segundo artigo http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Conceitos-de-Storage-para-IT-Pro-2-e28093-Controladoras-e-Modelos.aspx abordamos os tipos de controladoras e tecnologias de storage mais comuns hoje existentes no mercado.

Neste terceiro artigo veremos o que são conceitos de tierização e virtualização de storages.

Virtualização

A virtualização de storage conceitualmente é diferente da virtualização de computadores.

Na virtualização de storages o conceito é utilizarmos um produto que faça a conexão com vários tipos e modelos de storage. Por exemplo, o System Center Virtual Machine Manager 2012 é capaz de ser a interface entre os diferentes storages e as máquinas virtuais. Mais detalhes sobre isso podem ser vistos no post http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Gerenciamento-de-Storage-com-o-System-Center-Virtual-Machine-2012.aspx

VMM2012

O mesmo recurso pode ser alcançado com o SMB 3.0 do Windows Server 2012, onde podemos apontar todas as LUNs disponíveis em um File Server e por meio do SMB 3.0 mapear as VMs entre os diferentes storages.

Tierização

Este recurso está presente em alguns storages de mercado e pode ser simulado pelo VMM. Significa ter a possibilidade de termos diversos storages com performances diferentes e ter a capacidade de mover uma VM de um storage mais lento para outro mais rápido de forma transparente a operação.

Isso pode ser simulado pelo VMM e pelo Hyper-V 3.0 com o recurso Storage Migration, onde podemos mover as VMs com Live Storage Migration permitindo que a operação não seja interrompida quando movemos entre os diferentes modelos de storage disponíveis.

Porem, alguns modelos storage como, por exemplo Compellent e Equallogic, podem conter “gavetas” de discos de diferentes tipos e mover os dados entre as gavetas conforme a performance necessária da aplicação ou maquina virtual. Neste caso o software do storage faz isso automaticamente conforme a carga que cada VM ou aplicação impõe ao storage.

Fonte: http://www.dellstorage.com/storage-tiering-archiving/storage-tiering.aspx

image

Para mais informações sobre o Windows Server 2012, acesse: http://clk.atdmt.com/MBL/go/425205719/direct/01/

Posted: jun 21 2013, 10:38 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Conceitos de Storage para IT Pro 2 – Controladoras e Modelos

No primeiro artigo desta série Conceitos de Storage para IT Pros–Tipos de RAID e IOPS abordamos alguns conceitos importantes e básicos para profissionais de TI sobre os tipos de RAID disponiveis e utilizados hoje em storages e também como calcular IOPS (operaçoes de leitura e escrita) para cada tipo de disco e aplicações.

Neste artigo iremos abordar os tipos mais comuns de controladoras e modelos de storages.

A tabela a seguir retirada do documento da Microsoft “Analyzing Characterizing and IO Size Considerations” disponivel em http://bit.ly/18nlbTg mostra como o tipo de barramento da controladora fisica utilizada para o seu storage influencia diretamente na performance:

image

HBA – Host Bus Adapter

Este é um tipo de barramento muito utilizado antes do iSCSI e muito eficiente, interligando o storage diretamente com o servidor por uma placa dedicada, sendo utilizado pelo Fibre Channel (exemplo Compellent) ou modelo de conexão direta (exemplo MD3000).

Como pode ser visto na tabela acima, por ser um barramento dedicado temos toda a performance sem concorrencia, diferente do iSCSI, pois no HBA cada servidor se conecta a uma saida do storage ou a um switch dedicado e no iSCSI usamos duas saidas de rede para todos os servidores.

Alem disso, em um storage dedicado são pelo menos duas controladoras, sendo elas redundantes e simultaneas para acesso, garantindo segurança e alta performance.

A desvantagem dos modelos HBA se dá por conta da limitação de conexões possiveis, uma vez que em alguns modelos (exemplo MD3000) são 4 portas, limitando a 4 servidores. Para este modelo utilizar HBA e montar um cluster de 4 nós é uma boa alternativa.

Fibre Channel

O FC é um dos modelos de HBA muito utilizado por conta da alta performance e numero ilimitado de hosts que podem ser conectados pelo switch Fibre Channel.

Alem disso, o FC permite boot de servidores sem disco local, o que garante a substituição de um host apenas colocando outro hardware identico e alterando o WWN no storage.

Nos storages FCs utilizamos o WWN (World Wide Name) para indicar qual LUNs será utilizado por cada servidor, sendo muito simples de ser realizado e configurado. Com o Windows 2012 podemos entregar storages diretamente as VMs por criar um WWN virtual no Hyper-V:

image

A desvantagem do FC se dá pelo custo mais alto que as outras soluções envolvendo HBA e, principalmente, iSCSI. Porem, as vantagens técnicas, administrativas e performance fazem do FC o melhor tipo de conexão a storage.

iSCSI

O iSCSI (Internet SCSI) é o modelo mais utilizado hoje por conta do custo acessivel, diversas opções de fabricantes, modelos e tamanhos. Basicamente o iSCSI utiliza comunicação pela rede ethernet comum, porem com algumas vantagens que melhoram a performance se seguidos:

  • Utilizar switches de rede separados apenas para a rede de storage
  • Trabalhar com 2 placas de rede em cada servidor para configurar o recurso de MPIO (Multipath I/O) que permite utilizar as duas placas simultanêas no acesso aos dados, duplicando a velocidade de acesso
  • Configurar o Jumbo Frame para trabalhar com pacotes de dados de 9K ao invés de 1.5K, uma vez que storage sempre trafega dados em pacotes maiores diferentemente da comunicação comum em rede

A desvantagem do iSCSI se dá exatamente pelos pontos acima, já que a estrutura de rede precisa ser dedicada para ter melhor performance e redundância.

O suporte ao iSCSI pode ser pelo storage ou até por softwares que habilitam um servidor comum a se tornar um storage iSCSI, o que é chamado de iSCSI Initiator Server e o cliente de iSCSI Initiator. A Microsoft tem este software disponivel, mas é muito conhecido no mercado o StarWind iSCSI Initiator Server.

NAS com SMB 3.0

A tecnologia de NAS (Network Attached Server) é baseada no Windows Server 2012 que com o SMB 3.0 torna ele compativel com virtualização, permitindo que o Hyper-V utilize um File Server para armazenar as maquinas virtuais, possibilitando que seja montado um Cluster baseado apenas em File Server.

As vantagens deste modelo são o baixo custo, facilidade na administração e entrega para novos servidores.

As desvantagens se dão por conta da rede que tem os mesmos requisitos listados do iSCSI, tendo algumas considerações adicionais:

  • O MPIO precisa ter placas de rede redundantes no servidor baseadas em SMB Direct e RDMA que não são modelos triviais em servidores atualmente
  • O Jumbo Frame impossibilita que maquinas de usuários (clientes) utilizem o servidor para guarda de arquivos, a menos que se habilite neles o modo Jumbo Frame com implicações em todos os switches da rede Core
  • Storages possuem recursos de multicontroladoras e fontes, o que nem sempre é presente em File Servers

Conclusão

Utilizando corretamente os tipos de storages disponiveis e pensando em sua necessidade é possivel ter um ambiente confiável e com boa performance e redundância.

Fonte: http://bit.ly/13uRbOs (Windows Server 2012 White Paper Storage)

image

Para mais informações sobre o Windows Server 2012, acesse: http://clk.atdmt.com/MBL/go/425205719/direct/01/

Posted: jun 16 2013, 21:39 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login